Domingos Pellegrini

Paixões – (Domingos Pellegrini)

Só existem dois jeitos de pegar uma coisa: como quem agarra ou como quem vai largar. Prefiro largar. A frase de Pellegrini, solta numa conversa, esclarece bastante sobre seu jeito de contar histórias. Com O homem vermelho (Prêmio Jabuti de 1977) ele já se apresentava como um narrador apaixonado: — Só escrevo se me emociono. Antes de pensar em literatura, penso em contar uma história. Escolado pelo...[Read More]

Sign In

Lost Password